Dica #2: 7 Dicas para se sair melhor nos estudos!

Iaê, gente, tudo bem com vocês?

Estamos de volta com mais uma postagem de dicas! Estava pensando hoje quais dicas iria trazer para vocês essa semana e pensei que nada melhor do que dicas de estudos, já que voltei a estudar, certo? Certo! Então vamos lá…

1- Encontre Motivação:

No começo do ano nós estamos descansados e empolgados com o que vamos aprender, é tudo novidade! Mas, os meses vão passando e essa vontade vai sendo esquecida, o que pode atrapalhar o seu aprendizado. Por isso, uma dica é encontrar motivação! Você pode procurar um filme que te inspire a estudar, um livro com dicas legais ou até mesmo postagens em alguns lugares (como aqui <3). O importante é não perder o foco durante o ano.

2- Mantenha seu material arrumado:

É muito chato chegar na sala de aula e perceber que esquecemos caderno, caneta, borracha ou outro material importante. Isso faz com que a gente tenha que pedir emprestado para algum amigo e depois, só Deus sabe onde vai parar o pedaço de papel com aquela anotação importante. Manter seu material organizado facilita muito na hora de estudar.

3- Use o tempo da aula:

Algumas vezes é difícil manter o foco durante a aula, principalmente quando a matéria não é uma das que a gente mais gosta. Mas não é nada produtivo ficar fazendo outra coisa a classe e depois ter que estudar tudo sozinho. O professor sempre fala alguma dica importante que pode ser bem útil na hora da prova. Se você for aquele tipo de aluno distraído, pensa assim: se você prestar atenção na aula, vai entender a matéria com mais facilidade e depois vai ter mais tempo pra ver o próximo episódio daquela série que você gosta.

4- Anote:

Fazer anotações sempre ajuda na hora de relembrar a matéria quando for necessário. Mas nada de ficar escrevendo cada palavra que o professor fala ou coloca no slide, senão você vai acabar perdendo conteúdo e não vai ajudar em nada. Quanto mais objetiva for a anotação melhor!

5- Seja organizado:

Não tem nada pior do que saber daquela prova bem em cima da hora ou então esquecer completamente de entregar aquele trabalho que valia uma boa parte da nota. Para que isso não aconteça, a palavra chave é organização. Você pode deixar uma lista em um local visível com o que você precisa fazer e a data de entrega ou usar uma agenda. Vai facilitar muito a sua vida.

6- Não tenha vergonha de pedir ajuda:

Muitas pessoas ficam com vergonha de tirar dúvidas com o professor por medo do que os outros vão achar. Quem nunca foi pra casa com uma dúvida por medo de ela ser um pouco “boba”? Deixe isso de lado! O professor está na sala de aula pra ajudar e tenho certeza que ele vai responder seu questionamento sem problema algum. Você também pode aproveitar e pedir ajuda para um amigo que entende melhor a matéria.

7- Seja realista:

Realismo é muito importante na hora de estudar! Não adianta se propor metas que você sabe que não vai conseguir cumprir ou então usar métodos de organização “da moda” mesmo que eles não combinem com a sua rotina. É bem mais válido fazer tarefas simples que você possa aproveitar e, o mais importante, que funcionem e combinem com você!

Até a próxima…

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

Conto: Amor Platônico

É mais um dia como outro qualquer, acordei às 7 da manhã, tomei banho, me arrumei, tomei café da manhã e fui para o trabalho. Tudo estava normal, tudo estava acontecendo da mesma forma de sempre.

Como todos os dias da semana, às 8 horas em ponto já estava no ponto de ônibus, esperando até que o coletivo aparecesse. Só que, logo hoje, esse ônibus decidiu demorar mais que o normal. Já tinha se passado 20 minutos e nada do ônibus chegar.

Foi então que vi um rosto conhecido se aproximando de mim. Um rosto que a muito tempo não tinha visto. Um rosto que, sem dúvida nenhuma, nunca esqueceria. Esse rosto era o de Rogério. Sim, Rogério. O cara que conheci no colégio quando tinha 14 anos. Sim, Rogério. O meu amor platônico.

Ver aquele rosto, mesmo de longe, me fez lembrar como fiquei por causa dele. O quanto sofri por causa dele. E hoje em dia vejo claramente que tudo que sofri não passava de uma fase. Um fase que, naquela época pensei que nunca passaria — sorri ao lembrar dessa fase. O mais engraçado é que naquela época, por volta de 2008, olhava pra ele e via como “o cara mais perfeito do colégio”. Amor platônico é assim: Você acha que só existe aquele cara.

O pior momento que vivenciei nessa época, e o momento em que descobri que gostava realmente dele, foi um dia em que estava no colégio e o avistei na arquibancada da quadra. Ele estava com os amigos, se divertindo. Quando de repente, chegou uma menina, linda, com cabelo maravilhoso, ao lado dele e começou a conversar com ele. Foi nesse momento que parei e falei para minha amiga: “Eu gosto de um cara que nunca vai gostar de mim, que nem sabe o que sinto por ele. E que nunca vai saber porque não tenho coragem de falar a ele.” E chorei. Muito. É até um pouco constrangedor  lembrar disso. Como podia gostar tanto assim de alguém que mal conhecia? Como podia gostar tanto de alguém que eu sabia que gostava de outra pessoa?

É completamente inexplicável o que acontece com o amor platônico. A gente se entrega ao sentimento por alguém que nem sempre sabe da nossa existência. É, realmente, ter 14 anos é complicado — nessa hora comecei a sorrir por lembrar de tudo isso e falei pra mim mesma: “O bom é que a gente cresce e vê que não passou de um amor de criança.”

Continuei navegando nas minhas lembranças a medida que elas iam surgindo, e sempre sorrindo por lembrar de tudo que já havia passado por acreditar em um amor que não existia. Lembrando de como me sentia péssima por achar que a culpa era minha. Hoje em dia consigo sorrir lembrando disso. E foi nesse momento que percebi que Rogério já estava ao meu lado e falou:

— Oi, Gabi, tudo bem? — disse ele.

— Sim. Agora sim. — disse com um sorriso no rosto.

Para acessar o conto de Mayara, clique aqui.
Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

Contos *-*

Iaê, gente, tudo bem com vocês? TENHO NOVIDADES *-*

A partir de hoje teremos uma categoria nova no blog, essa categoria (como o nome da postagem já diz), vai se chamar: Contos. Mas que contos são esses?

Se liguem na ideia que sei que vocês irão amar: Estou com parceria com uma amiga, Mayara Rodrigues (do blog “Cantinho da Matilda“) e, mensalmente, iremos colocar nos nossos blogs contos que podem servir como conselhos para vocês, ou para tirar dúvidas, ou até mesmo pra vocês rirem das histórias que iremos contar rsrs.

Todo mês teremos temas predefinidos, seguindo uma sequência previamente decidida (mas que pode ser mudada ao decorrer dos meses). Ok, enrolei, enrolei, enrolei e não disse nada rsrs. O nosso primeiro conto terá como tema o “Amor platônico”. Através desse tema escrevemos uma história para vocês (podendo ser real ou não rsrs). E, essas histórias, tem como objetivo, tentar ajudar vocês com algum tipo de conselho. Ou, como disse, ri da história que foi contada.

Garanto que vocês irão gostar (as histórias já estão prontas e estão incríveis, garanto rsrs). Ah, lembrando que os dois contos serão publicados simultaneamente e no final de cada conto vou colocar o link do blog de Mayara para que vocês possam ler o conto dela também. Fica combinado assim? ;)

P.s.: E quem sabe, futuramente, não podemos pegar as histórias de vocês e fazer delas um conto e dar um conselho nosso? Seria legal, o que vocês acham?

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

Pause: Maio/2017

Iaê, gente!

Número #1: Despacito — Luis Fonsi, Daddy Yankee feat. Justin Bieber

“[…] Oh, você é meu nascer do sol no dia mais escuro, me faz sentir de um jeito que me faz querer saborear cada momento lentamente, lentamente.”

Número #2: Umbrella — Rihanna feat. Jay Z

“[…] Quando o sol brilhar, nós brilharemos juntos. Jurei que estaria aqui para sempre, disse que sempre serei sua amiga. Fiz uma promessa vou manter isso até o fim, agora que está chovendo mais do que nunca sei que ainda temos um ao outro. Você pode ficar debaixo do meu guarda-chuva.”

Número #3: Moves Like Jagger — Maroon 5 feat. Christina Aguilera

“[…] Atire nas estrelas se achar que é o certo e mire no meu coração se sentir vontade. Leve-me embora e faça tudo ficar bem, prometo que vou me comportar.”

Número #4: So what — P!nk

“[…] E adivinhe só, eu estou me divertindo mais agora que terminamos. Eu lhe mostrarei essa noite. Eu estou bem, muito bem e você é um idiota.”

Número #5: A lenda — Sandy & Júnior

“[…] Se cada um faz a sua história, a nossa pode ser feliz também. Se o coração diz que sim à paixão, como pode o outro dizer não?” ♪♪

Espero que vocês tenham gostado e não deixem de visitar o blog da Lu, “Manias de Uma Garota Singular“, para ver o pause dela desse mês (ou acesse o link direto para a postagem clicando aqui).

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2