Experiência #7: Criar um Blog (parte 2)!

Oi minha gente linda, “oie” eu aqui de novo!! XD

Hoje estou aqui para trazer para vocês a segunda parte da experiência de criar um blog. Se você ainda não leu a primeira parte clique aqui para ler, se já leu continue com a segunda parte. ^^

Então o que vocês irão encontrar aqui são as dicas 4 (Divulgue), 5 (Paciência) e uma colher de chá para vocês (umas dicas extras). Não lembro se coloquei na primeira parte, mas caso não tenha colocado um aviso: Tudo aqui é, SOMENTE, minha opinião para (quem sabe?) melhorar a vida de quem está planejando criar um blog. Então vamos lá?

Dica #4: Divulgue

Seu blog é desconhecido para todos (menos pra você rsrs) e precisa de pessoas para dar aquele “pontapé” inicial. E quem serão essas pessoas? Sua família e amigos (principalmente), seu(sua) namorado(a), os amigos do seu(sua) namorado(a), os amigos da família, enfim, todos que você conhece. “Mas como faço isso?” Qual o lugar onde você consegue chamar a atenção de muita gente? FACEBOOK, claro!

Nada melhor que escrever um pequeno texto de apresentação do seu blog com alguma imagem que você escolheu como “ícone” (ou alguma imagem para uma simples apresentação do seu blog) e marcando todos que você conhece e que você sabe que irá curtir e compartilhar as coisas que você vai escrever (aff quantos “você” rsrs).

“Divulgo assim que criar?” Acho que não seria legal porque você ainda não teria conteúdo suficiente para chamar a atenção dos seus futuros leitores. “Mas e se eu não quiser divulgar?” Então lhe dou uma boa e uma má notícia: A boa é que não tem tanto problema não divulgar. OK, estou sendo contraditória, mas eu digo isso porque eu nunca divulguei meu blog (quem divulgou foi meu pai e uma amiga, meu pai só foi saber da existência do “Louca por Viver” quase 3 meses depois para vocês terem noção). O máximo que fiz foi avisar alguém que criei o blog, mas nunca passava o link (sempre esquecia). Alguns de vocês podem dizer que isso é divulgar, discordo. Acho que você divulga quando você vai atrás de pessoas para te acompanhar no que faz, marca em postagens no facebook para que os outros curtam a página e tal. Eu nunca fiz isso, mas não acho errado quem faz (só criei a página do LPV muuuito tempo depois).

E a má notícia é: A demora do retorno. “Como assim?” Quando você não divulga o seu blog, poucas pessoas sabem da existência dele, logo você terá poucas visualizações e isso pode acabar te desanimando um pouco (eu chegava a pensar: “Ninguém ler o que escrevo, para quê continuar com isso?”, mas aí lembrava que estava fazendo algo que gostava: dividir as coisas que amo com vocês). Então, vocês que escolhem: Divulgar? Ou não?

E caso vocês estejam com curiosidade: Eu não divulguei porque não queria um público momentâneo (dependendo de quem você marque, a pessoa só irá acessar no dia que você marcou para saber como é. E depois, quase nunca). Eu queria alcançar um público “permanente”. Por este motivo que não divulguei.

Dica #5: Paciência

Acho que o segredo de ter um blog de sucesso (e não estou falando do meu) é ter paciência. Nada vai vir rápido, NADA! Tudo demora (e muito), e pode até ocorrer o que acontece comigo às vezes: Quando deixo de publicar no blog, perco alguns “seguidores” e isso é ruim, porém não posso fazer nada para resolver isso. Tem dias que preciso sumir do blog, é um risco que eu tenho que correr. Então, se você criou um blog, vai criar ou já tem um: Paciência. Um dia você alcança tudo que sempre quis.

Colher de chá:

  • Seja original acima de tudo. Não copie ninguém, a pior coisa é achar um blog igual ao outro.
  • Seja criativa, por mais besta que você acha que a postagem possa ser muitas pessoas podem gostar do que você escreveu (aconteceu isso comigo com: “Experiência #4: Happy Holi – O Festival das Cores” e “Ler no Ônibus!“);
  • Por fim, não use o blog como forma de ser notada na sua turma (“Ah, eu sou dona de uma blog!”). Sinceramente, isso é ridículo. Use o blog para compartilhar algo que você gosta. Se você fizer isso, pode ter certeza que seu blog fará sucesso.

Então é isso, espero que vocês tenham gostado das dicas. Até a próxima…

Grandes beijos e abraços…

Anúncios

2 comentários em “Experiência #7: Criar um Blog (parte 2)!

  1. Awnn q post ótimo!
    Eu optei por não divulgar para amigos nem nada… Tds os seguidores do blog são seguidores do ig… As únicas pessoas q sabem q eu tenho um blog são minha mãe é meu irmão… Queria q fosse algo pessoal sabe… Tipo pessoas q não me conhecem mas pelo blog fossem me conhecendo :3
    Acho ridículo quem fica se amostrando por causa de ter Um blog famoso… Assina de Td humildade e simplicidade né?!
    Acho muito legal blogs assim verdadeiros :3
    Adorei o blog Bjsss :*

    1. Eu também optei por essa decisão, queria ir conquistando meu público aos poucos. Só depois de um tempo, quando meu pai descobriu que ele divulgou. Mas nem queria rsrs.

      Realmente, é algo ridículo. Acho que a simplicidade é a alma do blog. Se você ficar se sentindo superior aos seus leitores, acabamos perdendo o nosso público. Então deveria ter essa outra dica: Simplicidade!

      Obrigada!! Beijos :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s