3 Things: Séries 2!

Iaê, gente, tudo bom?

Atualmente já posso dizer que estou viciada em séries e isso tudo graças ao Netflix (obrigada ♥). Mas tudo começou com Arrow, contei um pouquinho das séries que estava assistindo naquela época (ainda estou acompanhando, claro) na primeira postagem sobre séries (cliquem aqui para ler). ESTOU MUITO viciada em séries, já estou acompanhando umas 6 e tenho umas 3 para começar, então vamos ver as que estou acompanhando atualmente:

Estava em uma época em que queria assistir coisas de terror (muitas coisas de terror) e minha colega havia me indicado Scream, que ela estava começando assistir e achou legal. E realmente é, a primeira temporada dessa série não tenho o que reclamar, muito boa mesmo, mas a segunda temporada já não gostei tanto (achei um pouco corrido e umas coisas a mais que se contasse seria spoiler). E o episódio especial de Halloween? Na minha opinião? Totalmente desnecessário.

“OK, Jusley, mas afinal, indica ou não?” Se você gosta de suspense, indico sim. A primeira temporada é ótima, a segunda deixou a desejar, mas é minha opinião (vocês podem encontrar coisas contraditórias, pessoas dizendo que foi incrível a segunda temporada). Então, o melhor mesmo é assistir rsrs.

Sinopse: “Depois de um incidente de bullying resultar em um assassinato brutal, a violência reacende a memória de uma série de assassinatos que ocorreram no passado em Lakewood, que intrigaram alguns e talvez tenham inspirado um novo serial killer. Um grupo de adolescentes, com dois velhos amigos tentando se reconectarem, se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue.”

Desde que estou com Netflix ficou mais fácil acompanhar as séries e MUITO mais fácil assistir ela por completo mais rapidamente. Então, depois de terminar Scream, procurei outra série de terror (literalmente, estou viciada em coisas de terror rsrs) e foi assim que me deparei com American Horror Story. Se você for assistir na Netflix, só terá 4 temporadas por lá, mas se não me engano já tem 5 temporadas.

Cada temporada é uma história de terror diferente (a primeira é uma casa mal assombrada, a segunda um manicômio, a terceira é sobre bruxas e a quarta é um circo de horror). Gostei mais da primeira e da quarta porque elas pareciam mais “reais”. Não exatamente reais, vou explicar, como a primeira conta de uma casa mal assombrada fica mais “parecido” com os filmes que são baseados em fatos reais mas só por isso parece ser real rsrs, porque lembra dos filmes, porém, ainda assim, gostei das histórias. A quarta me agradou porque realmente é mais real porque mostra pessoas que tinham deficiência física e eram postas em um circo de horror e as pessoas iam vê-las. A segunda gostei, não é tão “real” como as outras, mas é boa assim como as outras. Agora a terceira não me agradou por se tratar de bruxas, mas é legalzinha rsrs.

Ainda assim, vale a pena assistir e o bom da série é que uma não liga a outra, MAS, a quarta temporada faz menção a segunda. Só que ainda assim, mesmo com essa referência, dá para assistir a quarta sem ter visto a segunda. Outra coisa é que as histórias que essa série traz são baseadas em alguns fatos reais (alguns personagens são baseados em algumas pessoas) e, pelo menos para mim, isso é bem legal rsrs.

Sinopse da 1º temporada: “A primeira temporada, intitulada American Horror Story: Murder House, tem como assunto principal a infidelidade.[14] Explorando temas como o amor, a família, e o perdão. A história ocorre em 2011, seguindo a família Harmon do psiquiatra Ben (Dylan McDermott), sua esposa Vivien (Connie Britton), e sua filha adolescente Violet (Taissa Farmiga) que se mudam de Boston para Los Angeles depois de que Vivien tem um aborto, e Ben tem um caso extraconjugal. Os Harmons se mudam para uma mansão restaurada e logo se encontram com os ex-residentes da casa, os Langdons: Constance Langdon (Jessica Lange), e seus dois filhos, Tate (Evan Peters), e Addie (Jamie Brewer), e o desfigurado Larry Harvey (Denis O’Hare). Ben e Vivien tentam reacender seu relacionamento, como Violet, sofrendo de depressão, encontra conforto com Tate. Os Langdons e Larry frequentemente influenciam a vida dos Harmons, como a família descobre que a casa é assombrada pelos fantasmas de seus antigos habitantes.” (Para conferir as sinopses das outras temporadas é só clicar no link mencionado no fim do post)
Por fim, mas não menos importante, a minha série favorita atualmente: How To Get Away With Murder. ESSA SÉRIE É INCRÍVEL. Nada mais a declarar, essa mulher (Annalise) é A advogada, entendeu? rsrs

Enfim, a série é muito boa (principalmente a primeira temporada), no fim de cada episódio você quer ver o outro episódio e o outro, e o outro, e o outro, e o outro, e o… Quando vai perceber já acabou rsrs. Sério, é muito bom, para quem faz direito deve ser uma série legal (seja para ver coisas da área mesmo ou ver o que estão mencionando de errado da área rsrs) se pra mim já é, imagine rsrs. Mas, assim como a anterior, o Netflix não tem todas as temporadas (têm 2 das 3). Então: ASSISTA ESSA SÉRIE!!!

Sinopse: “A série se desenvolve ao redor da vida pessoal e profissional de Annalise Keating, uma advogada de defesa criminal proeminente. Também professora de direito na Universidade de Middleton, na Filadélfia, Annalise seleciona cinco de seus melhores alunos para trabalharem com ela em seu escritório: Wes Gibbins, Connor Walsh, Michaela Pratt, Laurel Castillo e Asher Millstone. Em sua vida pessoal, Annalise vive com seu marido Sam Keating, um renomado psicólogo, mas também vive um relacionamento às escondidas com Nate Lahey, um detetive de polícia. Quando sua vida pessoal e profissional começa a entrar em colapso, Annalise e seus alunos se vêem envolvidos, involuntariamente, em uma trama de assassinatos.”

Aí, já assistiu alguma delas? O que achou? Me conte nos comentários.

P.s.: Para saber mais sobre as séries, e onde consegui as sinopses delas, é só conferir esses links: Scream, American Horror Story e How to Get Away With Murder.

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

3 Things: Séries!

Iaê, gente, tudo bom?

Antes de trazer as séries que assisto quero deixar um recado: Essa semana vai ser complicado aparecer por aqui (provavelmente), porque tenho muita, MUITA, coisa para ler (e não são coisas por passatempo, é pra universidade mesmo rsrs). Além disso, também não estarei por aqui entre os dias 22 a 25, pois terei prova. Pois é, amigos, está complicando rsrs. Mas vou tentar deixar postagens agendadas, se tiver postagens, já sabe: Foram agendadas rsrs. Vamos ao que interessa…

Não sou uma pessoa que possa ser considerada “viciada” em séries rsrs, até porque comecei acompanhar séries ano passado (antigamente assistia muito: “The big bang theory” e “Two and a half man“, mas não acompanhava, era sempre em episódios aleatórios, ou seja, os que passavam na Warner). Eis que um belo dia minha prima insiste para que eu comece assistir “Arrow“. E essa foi minha primeira série que gostei (e comecei a viciar rsrs).

Sério, me encantei de cara e assisti a primeira temporada em uma semana (estava de férias, então ficou fácil rsrs). Hoje em dia ela está na quarta temporada e indico para quem gosta desse universo de heróis.

Sinopse da 1º temporada: “A série segue Oliver Queen (Stephen Amell), um playboy bilionário de Starling City, que passa cinco anos naufragado em uma ilha misteriosa. Após seu retorno à Starling City, ele se reencontra com sua mãe, Moira Queen (Susanna Thompson), sua irmã, Thea Queen (Willa Holland), e seu amigo, Tommy Merlyn (Colin Donnell). A primeira temporada centra-se em Oliver reacender seus relacionamentos e passando as noites caçando e, por vezes, matando criminosos ricos como um vigilante encapuzado. Ele descobre uma conspiração para destruir “The Glades”, uma seção mais pobre da cidade que se tornou sobreposta com a criminalidade. John Diggle (David Ramsey) e Felicity Smoak (Emily Bett Rickards) ajudam Oliver em sua cruzada. Oliver também se reconecta com a ex-namorada, Laurel Lance (Katie Cassidy), que ainda está irritada sobre seu papel na morte presumida de sua irmã. A primeira temporada também apresenta flashbacks do tempo de Oliver na ilha, e como ela o mudou; este continua nas temporadas subsequentes.”

Depois de acabar a quarta temporada, quis começar a ver outras. Até porque séries são assim: Te viciam na que você está vendo e te incentivam a ver outras rsrs. Então fui atrás de outras séries, mas não queria (por enquanto) nenhuma série de herói. Eis que surge a série que gosto muito: Silicon Valley <3

Gente, amo essa série, mas acho que alguns de vocês não iriam gostar. Ela é uma série nerd, mas engraçada. E a melhor parte: Envolve o cenário de programadores, ou seja, me identifico com algumas coisas que eles dizem e não me sinto tão perdida de vez em quando rsrs (um dos episódios que mais gosto é o do “Tab vs Espaço” rsrs). Deem uma chance a ela! Ela está na terceira temporada (não lembro se já teve todos os episódios lançados), as duas primeiras são poucos episódios, então dá para assistir bem rapidinho (assisti em uma semana as duas primeiras temporadas rsrs).

Sinopse da 1º temporada: “A primeira temporada conta com oito episódios de em média 30 minutos cada. A série foi bem aclamada pela crítica especializada e público, conseguindo 84/100 no Metacritic após o lançamento do terceiro episódio. Richard é um programador que desenvolve um algoritmo inovador na compressão de arquivos, que conforme a evolução da história ele sofre com um dilema entre vender sua criação para Gavin Belson (CEO da fictícia empresa Hooli) ou construir uma grande companhia startup com a ajuda do bilionário investidor Peter Gregory. A série mostra de uma forma satírica como é a vida no Vale do Silício e seus moradores, usando como uma das referências a experiência do criador da série Mike Judge quando trabalhou no Vale no final dos anos 80, como engenheiro de testes para a Parallax.”

Por fim, uma série que comecei a pouco tempo, mas que é muito boa também: House of Cards. Cada novo episódio eu fico achando Frank “o cara”, nem sei se isso é bom rsrs. Mas é interessante ver como ele consegue ter o que quer, o jeito que ele faz para conseguir o que quer, … Ah, não sei explicar, só assistindo para entender rsrs. Essa série tem quatro temporadas e eu ainda estou na primeira :/. Juntem-se a mim na primeira temporada!

Sinopse: “Num drama sobre as consequências do poder e da corrupção, Francis Underwood (Kevin Spacey) está sedento por sucesso e nada o detém. Trata-se de uma história onde são ultrapassados os limites para satisfazer o desejo de um homem que ambiciona governar o mundo.”

Qual dessas é minha favorita? Todas (?) rsrs. Não tem como escolher, gosto muito das três! E vocês, quais séries vocês assistem?

P.s.: Para saber mais sobre as séries, e onde consegui as sinopses delas, é só conferir esses links (clique nos nomes para conferir): Arrow, Silicon Valley e House of Cards.

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

3 Things: Férias!

Iaê, gente, tudo bom? Como foram os festejos juninos? Na verdade, como são os festejos juninos aí onde vocês moram (caso vocês façam alguma coisa nessa época)?

Ando muito sumida, né? Me desculpem, ando tendo poucas ideias para compartilhar com vocês e quando tenho alguma, sempre acabo deixando para amanhã e esse amanhã nunca chega, vou tentar parar com isso. Isso mesmo, tentar! Não posso garantir nada para vocês porque já já minhas férias acabam (infelizmente :'( ). Só que, neste misto de alegria e tristeza (sim, voltar às aulas me traz um “pouquinho” — beeeem pouquinho — de alegria), tive uma ideia de compartilhar com vocês três coisas que fiz nessas férias.

Antes de dar as férias fiz duas listas, uma delas foi uma lista de filmes que deveria assistir. E essa foi uma das coisas que mais fiz, se fosse de terror? Não importava qual era, já estava assistindo, isso tudo porque estava disposta em achar algum filme de terror que novamente me fizesse ficar “assustada” (não teve sucesso). Esses foram alguns dos que assisti:

Caso alguém pense “Ah, foram poucos”, gente, duas coisas: Não tenho memória boa para nomes de filmes e não iria trazer o nome de todos que assisti para vocês (para conseguir fazer isso, teria que ter anotado todos). E, destes 5 que mostrei, indico fortemente que vocês assistam: “The Boy” e “The Conjuring 2“. “The boy” indico porque foi um terror diferente e “The conjuring 2” porque AMO filmes de terror baseado em fatos reais e, apesar de um pouco “comum”, foi muito bom. EVITEM, por favor, evitem MESMO: “The Witch” e “Quarantine“, eu odiei esses filmes. Sério, um deles o final não presta e o outro nem se quer tem sentido e/ou assuste. Mas pode ter alguém que goste deles e/ou se assustem com eles, essa é só minha opinião.

Outra coisa que fiz nessas férias, infelizmente não tanto quanto queria (por causa das outras duas coisas), foi: LER! Óbvio que eu li, mesmo que tenha sido pouco. Nessas férias li dois livros, um deles já resenhados aqui no blog (e visto na imagem abaixo) e o outro que será resenhado em breve (por enquanto deixarei ele como surpresa rsrs).

(Clique na imagem para ler a resenha)

Por fim, mas não menos importante e sendo, literalmente o que mais fiz, foi: SÉRIES! (Estou começando a ficar viciada nessas coisas). Elas foram a minha segunda lista feita para as férias, nela tenho as seguintes séries que quero começar acompanhar: “Orange is The New Black“, “Once Upon a Time” e “Flash“. Mas, antes de começar à assistir elas, preciso terminar uma das séries que já comecei recentemente. Eis as séries que assisti/estou assistindo nessas férias:

Pretendo fazer uma postagem melhor falando sobre elas (o que acham?), mas: Arrow, terminei a 4ª temporada logo na primeira semana de féries; Silicon Valley, assisti 3 temporadas em dois dias (sendo que a 3ª temporada só assisti até o 5° episódio porque sei que ainda terá mais, por enquanto têm 10, mas sou curiosa demais para esperar os lançamentos e o 5° terminou de uma forma que não me deixou TÃO curiosa, então está bom assim rsrs); e comecei “House of Cards” a dois dias e assisti 4 episódios (os episódios são grandes, comparados com as outras séries, por isso não assisto muitos episódios em um único dia).

E esse foi o resumo das minhas férias rsrs. Claro que fiz mais coisa, maaaas, essas três coisas resumem bem o que fiz rsrs. É isso, gente, espero que tenham gostado. E aí, quais são os seus planos para as férias? (Eu começando a estudar e tem gente entrando de férias agora #queriamaisumasemana).

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

3 Things: Universidade!

IAÊ, GENTE! Quanto tempo, tudo bom com vocês?

Eu sei, eu sei, tem séculos que não apareço por aqui, tentei aparecer várias vezes mas nunca conseguia por sempre ter alguma coisa pra fazer ou estava muito cansada e não conseguia nem pensar no que escrever. E tudo isso foi graças a: UNIVERSIDADE, claro rsrs. Então, esses dias andei pensando numa postagem para vocês (esse mês, infelizmente tivemos poucas, apesar de ter planejado muitas) e cheguei a conclusão que seria perfeito dizer as 3 coisas que mais amo na universidade em que estudo. Já que ela é o grande motivo do meu sumiço, nada melhor do que mostrar um pouco dela para vocês, e assim também seria um jeito de vocês conhecerem um pouquinho mais do meu dia a dia.

Ah! Vou contar um história, então se preparem para um texto grande, rsrs.

Entrar na federal era um sonho pra mim, sempre foi, mas no primeiro ano que tentei não consegui. Continuei tentando, até que em 2014 consegui. Mas, mesmo assim, fico feliz por não ter entrado em 2013 pois: Eu havia colocado um curso diferente do meu atualmente (tinha colocado engenharia da computação) e, por ter ido para particular, consegui conhecer melhor o curso de ciência da computação e tive tempo de me apaixonar mais por ele;  E, entrando só no início do ano passado (turma 2014.1), conheci pessoas incríveis que deixam os meus dias na UFS bem mais legais e engraçados. Dentre essas pessoas, tive o privilégio de conhecer duas pessoas que não quero que saia da minha vida: Alana e Talita.

Talita, infelizmente, saiu do curso, então estamos um pouco afastadas (sim, não estou distante só do blog, mas também de todos que me rodeiam), nunca mais encontrei ela por lá (o que é bem chato :/), mesmo assim, sempre que possível, a gente se fala. E Alana, que está aguentando firme o curso, que aguenta todos meus dramas diários da faculdade, meu papinho todo período de “não vou passar”, sendo que nem passou a primeira prova da matéria, a pessoa que pode estar passando por um desespero enorme com alguma matéria mas o jeito dela pra passar por cima desse desespero é o melhor possível: Sorrindo, a que me acompanha nas minhas “gordices” diárias (porém, foi decretado, parei de ser má influência para gordices, rsrs), a que me acompanha nas minhas loucuras diárias, a que sempre tem um ombro amigo. Enfim, Alana diz aos amigos dela que eles nunca encontraram uma Alana como ela. E eu digo: “Concordo com você, Lucia” rsrs. Então, fica claro que uma das coisas que gosto da UFS não é uma coisa e sim duas pessoas: Alana e Talita (tenho só uma foto com Talita :/)…

IMG-20150928-WA0049
Da esquerda para direita: Alana, Talita e eu.

IMG-20150519-WA0014

IMG-20150922-WA0019

IMG_20150812_163200998

Mesmo tendo uma ótima companhia todos os dias, muitas vezes fico sozinha (estudo pela manhã e acabo ficando sozinha por um tempo). E nesses momentos posso contar com duas coisas que amo: os gatos e a calma. A federal daqui é CHEIA de gatos. E eu amo animais, então ter um gatinho em todo lugar que vou é bem legal e uma ótima distração nos momentos tensos, quando estou sozinha ou quando estou cansada. Quantas vezes sentada em algum lugar um gato veio e ficou brincando com minha bolsa, se alisando ou só me olhando com uma carinha de curioso. E, recentemente, apareceram vários gatinhos novinhos (parecem ter meses de vida) e eles ficam brincando pela UFS, espalhando fofura por onde passa. Amo vê-los por lá e ver que eles são bem cuidados…

IMG_20140512_151558402
Esse gato me fazia companhia quando eu não tinha aula na UFS, ele ficava dormindo perto de mim, brincando, me observando, era um fofo *-*

IMG_20151127_190639000

IMG_20151127_185744827

Por fim, a terceira e última coisa que amo é a calma que alguns lugares da universidade consegue me passar. Ela sempre tem muitas pessoas, fato, mas existem lugares que você consegue sentar e só ficar descansando do dia corrido. E são esses lugares que amo, que gosto de ficar e que poderia ficar o dia todo (Dcomp, Moura — ou em uns bancos ali por perto, Bicen — quando não está perto de fim de período, 3/4, entre outros, só quem for da UFS vai saber que lugares são esses).

IMG_20140519_065855070

IMG-20150220-WA0047

1428504878533

IMG_20151127_145143970_HDR

IMG_20140815_172542184_HDR

Claro que não gosto só disso lá. Mas são coisas que fazem a correria ficar mais suportável, são coisas que me fazem esquecer disso tudo.

Espero que vocês tenham gostado de me conhecer mais um pouquinho, peço desculpa novamente pelo sumiço (mas está muito complicado conciliar esse fim de período com o blog, os professores estão tentando o possível para conseguir terminar tudo até o dia 22/12, aí está sendo uma correria total). Vou tentar trazer ainda um top 5 pra vocês antes de novembro acabar (tentar), vamos ver se consigo mais uma folguinha rsrs. Muito obrigada pela companhia de sempre e até breve…

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2