Vamos falar sobre algo sério?

Imagem encontrada na pesquisa do Google

Iaê, gente. Tudo bem com vocês?

Tava aqui pensando no que postar pra vocês hoje e tirei a ideia do que escrever através de uma postagem que vi no facebook. Nessa postagem, uma menina (vamos chamá-la de menina 1, rsrs) relatava uma situação constrangedora que passou com um motorista (não entrarei em detalhes do acontecido até porque não quer expor ninguém). E, quando fui ler os comentários, algo que faço maioria das vezes, vi uma outra menina (vamos chamá-la de menina 2, rsrs) praticamente dizendo que a culpa da menina 1 ter sofrido isso, era dela. Falava que, se ela não quisesse escutar isso, descesse do carro.

O que quero trazer com essa história são os fatos, a realidade. A maioria das pessoas costumam opinar sobre alguma história, seja ela qual for, sem analisar a situação da pessoa. Por exemplo, no caso da menina 1, como ela desceria do carro se ele estava em movimento? O que a maioria das pessoas esquecem quando estão opinando é que é fácil demais chegar e dizer o que a outra teria que fazer. Mas e a situação? A menina 2 não se perguntou antes de opinar coisas como: O carro estava em movimento? (O que estava claro que sim, porque a menina 1 tinha relatado isso). Era possível descer do carro em algum momento? Ela podia fazer alguma coisa para que o motorista parasse o carro? Não dá pra saber isso, entendem? Só quem sabe é quem está vivenciando.

Chega a ser ridículo ver o comentário de uma pessoa que acha que a situação é muito mais fácil do que parece. Mas não é, não para quem está vivenciando. O que está acontecendo para alguém, pode ser algo simples pra você, algo que você resolveria rapidamente, por exemplo, só que para quem está lá vivenciando, não é. Simples assim.

O que há de tão difícil para entender nisso? O que há de complicado em saber que cada pessoa tem uma forma diferente de pensar, de agir? Eu simplesmente não entendo. Muitos se acham donos da verdade e que TODOS deveriam seguir isso e não aceita questionamento, não aceita outras opiniões, não aceita que seja diferente do que foi dito. E foi isso que a menina 2 estava fazendo. O que ela não percebeu é que, fugir do constrangimento do motorista, era fácil pra ELA não para menina 1. E, ser sincera, a opinião da menina 2 foi um tanto quanto errônea, já que o carro estava em movimento.

Eu observo antes de argumentar, eu me imagino na situação. No caso da menina 1, sei muito bem o que faria na situação, mas só sei porque imaginei como seria depois de ler o relato dela. Só que, mesmo depois de pensar o que poderia fazer, não argumentei algo como a menina 2, não disse que a menina 1 estava errada e que a culpa era dela (até porque minha opinião é completamente contrária a menina 2, acredito que a menina 1 agiu certo para a situação que estava vivendo).

E sabe por que não opinei? Porque só consegui pensar em como sair da situação depois que vi/li o que outra pessoa vivenciou. Em momento algum me achei no direito de dizer o que a menina 1 deveria ou não ter feito, simples assim.

Muitos devem aprender que, nem sempre, sua opinião é útil, às vezes, a sua opinião é só sua e é certa pra VOCÊ, mas pra mim, por exemplo, pode ser errada e acabou. No fim, só porque acho sua opinião errada, sua opinião não valeu de nada. Então por que quebrar a cabeça dando opinião em tudo que vê? Por que não se imaginar no lugar da pessoa? Por que agir como só você está certa? Por que?

Pensem nisso, pensem antes de falar qualquer coisa, uma palavra pode mudar muita coisa na vida de uma pessoa. Essa situação da menina 1 é algo que MUITOS gostam de opinar, mas poucos param e pensam como ela pode ter se sentido na hora, pensem nisso.

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

E como é ter cabelo curto?

IAÊ, gente, tudo bem com vocês?

Que saudade que eu estava de aparecer por aqui. Minha vida está uma correria, mas consegui uma folguinha pra dar um “IAÊ” pra vocês rsrs. Como vocês podem ver pelo título, hoje decidi falar de cabelo curto, mas, por quê?? Porque ontem cortei o meu novamente e fiquei pensando em como é ter cabelo curto, quer saber como é? Então continue lendo…

Cabelo curto é uma decisão que muda a vida de uma garota, não parece, mas é. Porque, pense comigo, se a garota gostar, ela vai se sentir “livre” daquele peso do cabelo grande, porém, se ela não gostar, vai demorar MUITO tempo pra crescer de novo. Bom, como falei no começo dessa postagem, fui cortar novamente, então, sim, AMEI cabelo curto e me acho estranha quando vejo algumas fotos minhas de cabelo longo.

Ano passado, pra quem não sabe, doei meu cabelo pro instituto de crianças com câncer daqui de Sergipe e fiquei muito nervosa em cortar o cabelo (você pode ler tudo de como foi clicando aqui), mas no fim amei o resultado e a prova disso é que ontem fui refazer meu corte, depois de 4 meses, fui lá de novo. Então, decidi trazer hoje os prós e os contras de ter cabelo curto.

Prós:

1- Praticidade

Como falar de cabelo curto sem falar de praticidade? Acho que não tem como. Para lavar, pentear, arrumar, escovar, … Sabe aquelas 2 horas ou mais (no meu caso quando tinha cabelo grande, 2 horas com certeza) escovando o cabelo? Pois é, acabaram. Sua vida vai ser bem mais prática agora. Sem falar que economiza dinheiro.

2- Leveza

Como assim leveza? Cabelo longo pesa e se for volumoso pior ainda. Cabelo curto vai te deixar se sentindo leve, sem parecer que está carregando um peso preso na sua cabeça. E quem tem cabelo longo pode chegar a dizer que não pesa, mas de duas uma: Ou seu cabelo não é volumoso ou você está mentindo. Porque cabelo comprido pesa (e muito) e  a gente percebe isso quando corta. E quando digo “corta” não estou dizendo curto, quando tem cabelo longo até um dedinho já deixa o cabelo mais leve (já tive e sei que isso é verdade). Então sim, cabelo curto é leve.

3- 2 em 1

Cabelo curto é muito versátil. Grande maioria das vezes você soltou, estará com o cabelo lindo pra ir onde quiser. Quando você quiser ser mais “mulher”, você pode. Quando quiser ser mais menininha, fofinha, você pode. Quer ter cabelo longo de novo por um dia? Você pode (coloca um aplique que tudo se resolve). O que você quiser, você pode, tudo vai depender de como você vai finalizar seu cabelo e do que você vai usar nele.

4- Personalidade

Quando fala de cabelo curto, muitos já pensam logo em personalidade. Não tem como olhar para um mulher de cabelo curto e não pensar que ela tem ousadia e coragem (até porque muitas são muito apegadas ao cabelão antes de ter o curtinho, eu). Como Mayara, do blog Cantinho da Matilda, disse: “É como ser a diferentona no grupo”, e é exatamente isso, a grande maioria tem cabelo longo e você estará lá com cabelo curto e lindo no meio dos cabelões rsrs (no meu caso, na faculdade pelo menos, isso não foi assim porque das três meninas que mais convivo duas têm cabelo curto rsrs).

Mas não é só de coisas boas que vivem o cabelo curto, certo? Então vamos aos…

Contras:

1- É versátil, mas nem tanto

Cabelo curto é contraditório rsrs. Com o tempo você acaba descobrindo isso e foi o que descobri, você não têm aqueles vários penteados que um cabelo longo te proporciona. Um excelente exemplo que posso usar da minha experiência é: Eu amava trança embutida, AMAVA. Desde que cortei, não fiz, não consegui ainda e eu achava tão lindo, então, cabelo curto te limita ao mesmo tempo que te permite.

2- Calor

Vamos quebrar esse negócio de que quem tem cabelo curto não sofre no calor? Nem sempre você vai sofrer no calor, isso é fato, MAS, sabe aqueles dias quentes que parece que você está dentro de uma fogueira, pois é, é exatamente neste dia que você vai odiar ter cabelo curto e sabe por quê? PORQUE VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR PRENDER ELE TODO. Sempre vai ficar um pouco de cabelo na sua nuca, isso se você conseguir prender de alguma forma, e é esse pouco de cabelo que vai te irritar e você vai sentir saudade de quando conseguia se livrar do calor prendendo o cabelo todo. Então, SIM, CABELO CURTO DÁ MUITO MAIS CALOR QUE LONGO. Obrigada, de nada.

Obs.: A não ser que corte seja mais curto que o meu, além do mais, toda regra tem uma excessão e a excessão dessa “minha regra” é pessoas com cabelo mais curtos que o meu rsrs.

3- Gastos

Você vai economizar nos produtos, mas não no salão. Cabelo curto perde o corte MUITO rápido, em um mês você terá um cabelo diferente do quê no dia que cortou (experiência própria). Em 3 meses, seu corte praticamente não existe mais e em 4, nossasenhora, cabelo reto. Então, prepare o bolso porque você terá que frequentar um salão no mínimo a cada 2 meses, a depender do corte.

Claro que não têm só essas vantagens e desvantagens de cabelo curto, têm outras. Eu só fui colocando o que fui lembrando rsrs. Ah, e na minha opinião, todo tipo de cabelo pode ser cortado curto, descobri e tive certeza disso depois que cortei o meu rsrs. Porém, nem todo tipo de rosto combina com TODOS cortes curtos. Antes de cortar é bom você ver e entender como é seu rosto pra você tentar achar um corte que fique melhor em você, converse com o seu cabeleireiro ele vai conseguir te dar melhor explicação em relação a isso. Porque o corte curto muda completamente sua aparência e você pode parecer mais nova e mulher, como mais nova e uma criança, mas isso nem sempre é “culpa” do corte e sim do seu rosto, então vale a pena pesquisar e conversar com quem sabe.

Espero muito que vocês tenham gostado dessa postagem, qualquer dúvida é só perguntar (vou amar responder vocês)…

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

Mudanças…

Antes de qualquer coisa: CALMA! O Blog vai continuar do mesmo jeito só quero falar de algumas mudanças que ocorreram no blog e que talvez vocês não perceberam rsrs. Então…

Iaê, gente, tudo bem com vocês?

Esses dias tava pensando sobre o blog, não é porque não apareço que não pense em vocês rsrs, e acabei percebendo que nem tudo do blog estava seguindo as minhas mudanças. Quem me acompanha desde o começo deve ter percebido todas as diferenças que fomos tendo com o passar dos anos.

Mudei meu cabelo, mudei minhas atitudes, cresci e tenho certeza que com as postagens deu para perceber isso. Amadureci. Mas, o “About” não. Enquanto eu crescia, essa parte tão importante do blog continuava do mesmo jeito. Três anos se passaram e ele continuou do mesmo jeito. Por isso, esse final de semana parei e mudei. Alguns já podem ter visto que troquei a imagem do “quem sou eu” ao lado (caso esteja pelo celular, essa parte vai estar lá embaixo depois das postagens). Essa foi a primeira mudança. A outra, foi do sobre do blog, que você pode ler agora:

SEJA BEM-VINDO AO MEU CANTINHO!

Iaê, gente, tudo bem com você? Vou tentar ser breve nessa apresentação, vai ser difícil rsrs.

path860

O “Louca por viver” é o meu, o nosso, cantinho. Ele nasceu dia 26 de janeiro de 2014 com a ideia inicial de um hobby, onde iria compartilhar as coisas que mais gostava de fazer: ler e escutar música. Algo que começou bem pequeno foi crescendo e hoje em dia se tornou uma das coisas mais importantes da minha vida, então sim, vocês são importantes para mim e para a “sobrevivência” desse blog rsrs.

Com o passar do tempo o blog foi aumentando a audiência e mudando a cara. Começamos com músicas e livros, hoje em dia temos músicas, livros, experiências de vida, conversas sinceras de amigas, conselhos rsrs. Agora posso afirmar que o “Louca por Viver” está a minha cara. E eu sou exatamente o que escrevo aqui, pode perguntar aos meus amigos mais próximos.

Mas, talvez, você caiu de paraquedas aqui e não sabe muito bem quem eu sou, vem cá que eu me apresento pra você…

Me chamo Jusley e concordo com você, meu nome é muito “diferente” (para não dizer estranho rsrs). Mas não se preocupe, super entendo se você errar ou não lembrar, então fique a vontade pra me chamar de Ju.

Por coincidência de dia, não do mês nem ano (claro rsrs), nasci dia 26 de julho de 1995. 21 anos de muitas alegrias, tristezas, quedas, aprendizados, experiências (boas e aquelas não tão boas rsrs). Mas foram esses 21 anos que me tornaram quem eu sou! Sou alagoana de naturalidade, mas sergipana de coração.

Por várias vezes acabo sumindo por um tempo do blog, quem me acompanha já presenciou alguns desses sumiços e minhas várias explicações, porém, todas têm o mesmo motivo: Faculdade!

Sou estudande de Ciência da Computação, na Universidade Federal de Sergipe, sou amante de computação gráfica e processamento de imagens, e pretendo lutar para nunca sair dessa área porque sei que essa é à área que me representa. E por esse motivo que faço uma iniciação científica na área de processamento de imagem. Além disso, sou WebDesign na empresa júnior do departamento do curso que faço e que, também, é uma área que amo. Agora deu para entender o porquê acabo sumindo né? Rsrs

Demorei a “me encontrar”, mas quando coloquei o piercing e cortei meu cabelo, me achei escondida embaixo daquele cabelo enorme rsrs. Hoje posso afirmar que sou exatamente quem eu gostaria de ser e se eu pudesse dar um recado para minha “eu” do passado diria: “Segure firme, você está no caminho certo!”

Nunca o nome do blog tinha feito tanto sentido em minha vida como está fazendo nesses últimos anos. Então, queridos loucos, sejam bem-vindos, espero que gostem do quem vão encontrar.
Grandes beijos e abraços…

Jusley A.

Agora sim, tudo está exatamente como deveria. O tema é minha cara, o “about” é a minha cara, as postagens estão cada vez mais minha cara. Por enquanto, o blog ficará com essa carinha e espero que vocês gostem do que vão ler/estão lendo e saibam que qualquer crítica SEMPRE será bem-vinda. Vou amar saber a opinião de vocês sobre qualquer categoria, qualquer assunto (até se quiser conselhos, pode pedir, estou aqui pra isso ^^).

Então é isso, gente, vou me esforçar ao máximo para que essa semana vocês possam ter mais postagens, mas não prometo nada. Infelizmente não é algo que eu possa prometer, mas prometo que vou tentar (isso eu posso prometer rsrs)!

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

3 anos! ♥

Iaê, gente, tudo bem?

No dia 26 de janeiro de 2017 fizemos 3 anos. E não tive a oportunidade de vir aqui compartilhar algumas palavras com vocês porque tinha que entregar alguns relatórios de pesquisa. Mas cá estou eu pra comemorar junto com vocês os 3 anos do nosso blog!

3anos

Quando paro para pensar/lembrar quando comecei, as primeiras postagens que nem tinham muito “sentido”, que eram até formais demais, postagens que tinham um único acesso: O meu rsrs. E vejo hoje em dia, postagens mais soltas, sérias quando é preciso ser e brincalhona em quase todas as outras, e com vários acessos (não tem mais somente o meu uhuuu \o/ rsrs).

Nunca esperei chegar onde cheguei com vocês, para alguns pode ser pouco, mas pra mim, tudo que tenho aqui é o suficiente para muitas coisas, vou dar um exemplo: Me faz sorrir (com cada curtida e/ou comentário de vocês).

Pensem comigo: Em 2014 me sentia na necessidade de compartilhar alguma coisa com as pessoas (inicialmente resenhas de livros), então criei o blog. Começamos com uma postagem aqui, outra ali. Até que percebi que só seguir nessa linha de só resenhas não era comigo, comecei aumentar a quantidade de assuntos e publicações. Hoje em dia, temos diversas categorias que ajudam a nos manter de pé. Porque uma delas sempre terá postagem, essa era a ideia rsrs. Assumo que minha presença atualmente não está sendo uma das melhoras, mas quanto mais perto fico de me formar, mais falta de tempo vou ficando e, infelizmente, vou deixando tudo pra depois. Quando vejo, já é sábado e não postei nada a semana toda.

Enfim, muitas coisas mudaram. Aquela menina de 18 anos que começou com isso aqui cresceu e está muito diferente (preciso até mudar o sobre do blog por causa disso rsrs). E tenho certeza que quem me acompanha desde o comecinho sabe (e percebeu) isso. Eu cresci, o nosso blog cresceu. Hoje em dia somos: Mais de 80 seguidores aqui e mais de 1000 no facebook. E eu não sei o que falar para agradecer a cada um de vocês.

Cada seguidor, um por um, é especial e tenho um carinho enorme por vocês, não canso de repetir que só estou aqui por causa de vocês e esses 3 anos é graças a vocês. Então muito obrigada por mais um ano de companhia e: QUEM VENHAM MAIS ANIVERSÁRIOS DO LOUCA POR VIVER!

Então: PARABÉNS PRA GENTE uhuuuu \o/

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2