O que estou lendo…

Iaê, gente, tudo bem com vocês?

Quanto tempo não falo de livros com vocês, né? Mas é porque não estou conseguindo ler mais na mesma proporção que lia assim que comecei o blog. MAS, voltei a andar de ônibus e sabe como é né? 1h30 sem fazer nada, não dá certo rsrs. Então voltei a ler (devagar, mas estou lendo). E o livro do recomeço é:

Sinopse: Nas frigidas madrugadas, em uma angustiante cidade do Centro-Oeste, centenas de pessoas desempregadas estão na fila para uma vaga numa feira de empregos. Sem qualquer aviso um motorista solitário irrompe no meio da multidão em um Mercedes roubado, atropelando os inocentes, dando ré e voltando a atropelá-los. Oito pessoas são mortas, quinze feridos.

Em outra parte da cidade, meses mais tarde, um policial aposentado chamado Bill Hodges é ainda assombrado por um crime sem solução. Quando ele recebe uma carta enlouquecida de alguém que se auto-identifica como privilegiado e ameaça um ataque ainda mais diabólico, Hodges acorda de sua deprimente e vaga aposentadoria, empenhado em evitar outra tragédia.

Brady Hartfield vive com sua mãe alcoólatra na casa onde ele nasceu. Ele adorou a sensação de morte sob as rodas da Mercedes, e ele quer aquela corrida de novo. Apenas Bill Hodges, com um par de aliados altamente improváveis, pode prender o assassino antes que ele ataque novamente. E eles não têm tempo a perder, porque na próxima missão de Brady, se for bem sucedido, vai matar ou mutilar milhares.

Mr. Mercedes é uma guerra entre o bem e o mau, do mestre do suspense, cuja visão sobre a mente deste obcecado assassino insano é arrepiante e inesquecível.

ESSE LIVRO É MUITO BOM!! E olhe que ainda estou no começo do livro. Estou me apaixonando mais ainda por Stephen King com esse livro, não vejo a hora de terminar logo (na resenha falo mais como ele escreve os livros e sobre esse livro de fato rsrs).

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

Anúncios

O que estou lendo…

Iaê gente, boa noite, tudo bem com vocês?

Antes de qualquer coisa: Não, ainda não terminei de ler “Um Dia”. Só que decidi que iria tentar, pela primeira vez, ler dois livros. Muitos podem dizer que é loucura (concordo em partes rsrs), mas uma amiga me disse que ler dois livros ao mesmo tempo faz com quê o cérebro se exercite. E, sinceramente, é o que mais quero no momento. Então, a pedido dessa minha amiga, Mayara, comecei a ler “A Cabana”. Ainda estou nos primeiros capítulos, mas achei ele interessante (espero que continue assim).

Ah! Não tenho esse livro, então estou fazendo duas experiências ao mesmo tempo: Ler dois livros e ler um livro em PDF. Se tem uma coisa que não gosto é: Ler livros em PDF, porém quero perder isso. Então, nada melhor que começar a ler um livro em PDF, certo? Confiram a sinopse…

ogl1yWuDSinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, “A Cabana” invoca a pergunta: “Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?” As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Quem aí já leu? Gostou? Deixe sua opinião nos comentários.

Grandes beijos e abraços…

P.s.: Imagem encontrada na internet.

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

layoutoficial2

O que estou lendo…

Iaê gente, boa noite, tudo bem com você?

Depois de finalmente ter terminado de ler “Cidades de Papel”, decidi reler um livro que a muito tempo estava com vontade: “Um Dia”. “Ah, Jusley, mas por que está relendo ele?” Porque esse foi o primeiro livro, literalmente, da minha coleção, então tem muito tempo que o li e não lembro muito dele. Ok, lembro do filme do começo ao fim, mas não lembro de como as coisas aconteceram no livro. Por exemplo, tem no filme uma frase que eu amo porém não consigo lembrar se tal frase também está no livro. Então, esse é um dos motivos para que eu ficasse com vontade de reler. Outro motivo é: Estou com saudades de Em e Dex ♥.

Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas — vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.
Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Sei que muitas pessoas já leram este livro, mas, para quem não leu, fique aguardando que em breve terá resenha ♥.

Grandes beijos e abraços…

Instagram •• Twitter •• Facebook •• Pinterest

O que estou lendo…

Olha eu aqui de novo rsrs *-*

Depois de 2 meses sem ler nenhum livro, estou de volta \o/

Minha última leitura foi: “Não se apega, não”, e não entendo o porquê de não conseguir fazer uma resenha sobre ele. Ainda tentei começar uma nova leitura logo após ele, porém não deu, muita coisa para fazer na UFS e não estava andando muito de ônibus ou quando andava dormia rsrs. Tava difícil associar: Leitura e estudos. E quando começou a greve, só queria tocar violão. ‘-‘

Mas o que importa é que estou de volta e já quero mostrar a vocês qual a minha nova leitura (enrolei muito, mas finalmente comecei a ler este livro):

Sinopse: Cidades de Papel – Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.

Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.

Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.

Quem aí já leu? O que achou? Não posso falar nada porque comecei a ler ontem, não tenho muito o que dizer (por enquanto) rsrs. Assim que terminar, farei a resenha dele. Então é isso gente, até a próxima…

Grandes beijos e abraços…